18ª Festa do Rosário dos Homens Pretos da Penha - 2019


18ª Festa do Rosário - Junho 2019 De 2/06 a 7/07 de 2019

A Comunidade do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França convida a todas e todos para a 18ª Festa da Igreja do Rosário, que celebra os 217 anos oficiais deste importante templo para história e cultura do povo afrodescendente em São Paulo. A Festa traz como tema central “Rosário: ventre que gera sementes de resistência”, para apresentar uma programação gratuita, artística, religiosa e reflexiva em diferentes espaços do bairro.

Sobre o tema “Rosário: ventre que gera sementes de resistência”
Por Cláudia Rosalina Adão

A terra e o ventre são grandes metáforas da capacidade de gerar, nutrir e fecundar. 
A terra pode ser como um ventre, fértil, gerador de frutos que promove nutrição e força para os que precisam.
O ventre, símbolo da fertilidade representa a possibilidade de gerar filhos, mas também de gestar projetos, novos relacionamentos, novos tempos e possibilidades.
Queremos honrar a terra-ventre que nos dá a base, o alimento, a vida e a esperança.
E se a terra estiver muito dura e seca? E se todas as árvores já estiverem morrido e os animais fugido após tantas violações? E se ficar difícil acreditar que algo possa nascer novamente? Aí te convidamos a amarrar ao teu arado um propósito!
É isso mesmo... peguem os seus arados e vamos trabalhar a terra!
As mulheres negras, quilombolas, sem-terras, as trabalhadoras e trabalhadores, os(as) defensores dos direitos humanos, professoras e professores, tantos outros(as) que lutam e lutaram para que o Brasil seja um lugar digno para todos e todas viverem já vem fazendo isso há séculos.
Elas e eles com seus arados iluminados vem de diferentes lugares, com diversidade de jeitos, cores e sotaques, a esses e essas nos juntamos, somos o povo do Rosário dos Homens Pretos. O Rosário é a nossa terra, somos suas sementes prontos e prontas para resistir e também propor novas formas de existência.
Resistimos e existimos impedindo que a memória da Irmandade do Rosário seja apagada...
Resistimos e existimos celebrando a nossa negritude e ancestralidade todo primeiro domingo do mês...
Resistimos e existimos cantando com as Pastoras do Rosário...
Resistimos e existimos honrando a memória de Dona Micaela, parteira e benzedeira e valorizando nascimentos livres de violência e com respeito aos corpos das mulheres...
Resistimos e existimos com os congados, moçambiques, com os cantos, rezas e sambas.
Resistimos e existimos recebendo pessoas de diversas regiões que se nutrem através das nossas atividades e como sementes germinam por toda cidade.
Com os nossos arados, corpos, vozes unidas a todos que honram e cuidam da terra-ventre ousamos existir, nutrir e resistir.

Programação
*Programação sujeita a alteração

Dia 2/06 (domingo)
Largo e Igreja do Rosário
10:00 – Abertura dos festejos: Missa Afro-brasileira com o Padre Enes e levantamento do mastro com o Grupo Congada Santa Efigênia, Mogi das Cruzes (SP).

8ª Mostra Ecofalante – Exibição de filmes dedicado a temas socioambientais
Centro Cultural da Penha e Memorial Penha de França

Dia 04/06 - 19h
Filme: Encontro com Milton Santos, 2006. Dir.: Silvio Tendler

Dia 05/06 - 19h
Filme: Espólio da Cidade, 2017. Dir.: Paulo Murilo Fonseca e André Turazzi

Dia 06/06 - 19h
Filme: A Grande Ceia Quilombola, 2017. Dir.: Ana Stela Cunha e Rodrigo Sena

Dia 07/06 - 19h
Filme: Vale dos Quilombolas, 2010. Dir. Chico Guariba

Dia 8/06 (sábado) 
Largo e Igreja do Rosário
Arraial Leste - Largo do Rosário (Programação da Secretaria Municipal de Cultura - "Agendão")
O Arraial de São Paulo reúne as expressões juninas do Brasil em uma grande festa na cidade. 
Na zona leste, o local do Arraial será no Largo do Rosário na Penha durante os festejos do Rosário.
16h às18h – Fabinho Zabumbão [música]
18h30 às 19h30 – Quadrilha Asa Branca [dança]
19h30 às 20h – Trupe Cia da Arte
20h às 22h – Banda Caiana [música]

Dias 11, 12 e 13 de junho
Centro Cultural da Penha
Das 19:30 às 21:30 - Vivência Reinados do Congo no Brasil: Variações e Identidades com Mestre Sílvio. Nestas vivências haverá momentos teóricos (rodas de conversa) e práticos (execução de ritmos, cantos e danças de algumas variações do Congado Brasileiro).
Mestre Silvio Antonio de Oliveira, é Mestre de Moçambique originário do Vale do Paraíba, teve o Sr. Aristeu do Moçambique Beira Rio de Guaratinguetá como seu Mestre. Fundou o Cambaiá – Cia de Moçambique de São Benedito de SP.
Inscrições pelo WhatsApp (11) 998800-785
Vagas limitadas

Dia 15/06 (sábado)
Largo e Igreja do Rosário
A partir das 10:00 – Feira Afro Meninas Mahin
15:00 – Apresentação musical Pastoras do Rosário e Adriana Moreira
16:00 – apresentação musical do grupo Ilú Obá de Mim
19:00 – Missa Afro-brasileira com Padre Jalmir Matias de Oliveira na Igreja do Rosário.
Após a missa – Roda de Jongo com o Jongo dos Guaianás

Dias 20, 21 e 22 de junho
Igreja do Rosário
Às 18:00 - Tríduo no Rosário e terço cantado no dia 22/06 com as Congadas de Carmo de Cajuru e Congonhas (MG)

Dia 23/06 (domingo)
Largo e Igreja do Rosário
9:30 – Missa Afro-brasileira Campal com Bispo Dom Eduardo e Padre Assis, coroação dos Reis de Festa e procissão às 16:00.

Grupos convidados:
Cambaia Cia de Moçambique de São Benedito, São Paulo (SP)
Cia Maracatu Porto de Luanda, São Paulo (SP)
Cia Sucatas Ambulantes, São Paulo (SP)
Cia. Caracaxá, São Paulo (SP)
Congada de São Benedito – Cotia (SP)
Congada Batalhão Nossa Sra. Aparecida, Mogi das Cruzes (SP)
Moçambique Nossa Senhora do Rosário e São Benedito - Carmo do Cajuru (MG)
Congado Marujo Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigenia - Congonhas (MG)
Congada de São Benedito do Coração de Cesar de Souza, Mogi das Cruzes (SP)
Congada Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes (SP)
Congada Santa Efigênia, Mogi das Cruzes (SP)
Congada São Benedito Conjunto Santo Ângelo, Mogi das Cruzes (SP)
Folia de Reis Estrela do Oriente, Vila Nhocuné, São Paulo (SP)
Grupo Jongo dos Guaianás, Guaianases, São Paulo (SP)
Grupo Uh-Batuk-erê, São Paulo (SP)
Grupo Beija Fulô São Paulo (SP)
Grupo Zabelê de Cultura Popular - Maracatu Zabelê - Cubatão - SP
Maracatu Bloco de Pedra, São Paulo (SP)
Marujada Nossa Senhora do Rosário de Mogi das Cruzes (SP)
Samba Lenço de São Benedito de Mauá (SP)

Dia 29 de junho (sábado)
Centro Cultural da Penha
15:00 – Exibição e bate-papo sobre o curta metragem, “Rosário dos Homens Pretos: Lugar e Memória”. Coord.: Cristian Cancino e Paulo Rafael, Produção: Nahara Faissu.
16:00 – Palestra com a Profª Drª Antonia Aparecida Quintão e lançamento da publicação sobre o livro de Assento dos Irmãos do Rosário da Penha, 

Igreja do Rosário
19:00 – Missa Sertaneja com o grupo de Canto São Francisco de Assis e Padre Henúbio

Dia 6/07 (sábado)
Centro Cultural da Penha
15:00 – Roda de Conversa sobre formas de “parir”
Convidadas:
Susilene Elias de Melo, do Museu Wowkriwig (Sol Nascente, Kaingang, T.I. Vanuíre)
Vilma Martins integrante do Mulheres do GAU – Grupo de Agricultura Urbana
Mafuane Oliveira, pedagoga e contadora de estória da Cia Chaveroeiro
Mayara Cristina Silva Custódio é parteira, atua no Sistema Único de Saúde (SUS) e é membra da Associação de obstetrizes

Dia 7/07 (domingo)
Largo e Igreja do Rosário
10:00 - Encerramento dos festejos: Missa Afro-brasileira com Padre Diego, coroação de Nossa Senhora do Rosário e retirada do mastro.


Endereços dos Locais 

Memorial Penha de França
Rua Betari, 560, Penha de França

Centro Cultural da Penha e Teatro Martins Penna
Largo do Rosário, 20, Penha de França

Igreja de Nossa Senhora Rosário dos Homens Pretos
Largo do Rosário, s/n, Penha de França

Foto do cartaz é do artista Moisés Patrício e faz parte da série “Aceita”


Como chegar a Igreja do Rosário
Do Metrô Penha saem as lotações: Vila Sílvia (2718-10) ou Jardim Keralux (2735-10) 
4º ponto (Centro Cultural da Penha)


Informações
WhatsApp (11) 998800-785 – Festa do Rosário
(11) 2306-3369 – Movimento Cultural Penha

largodorosario.penha@gmail.com
largodorosario.blogspot.com

19 comentários:

Sara disse...

Acho que em algum ponto você deve participar nestas coisas, você ainda está dentro de um tempo, porque eu estou indo para estudar na Argentina, porque eu tenho um bom acordo sobre o aluguel de apartamentos em buenos aires

Drika disse...

Parabenizo a todos pela iniciativa da 12a. Festa do Rosário, esse espaço tem mais é que ser exaltado e com orgulho mostrar que o Negro é cultura viva em nosso país, nada, nem ninguém vai abafar nossos tambores!!!
Amandla!!!

"É necessário toda uma aldeia pra educar uma criança" - Proverbio Africano

No aguardo de nossa festança
Profa. Adriana

VERA LÚCIA LOPES disse...

Esta festa traz o Espirito Zumbilesco, pois resiste a toda opressão. Quero me fazer presente para fortalecer o meu Axé! Que tudo seja bom e belo segundo a vontade do Criador.
Axé!!!
afros abços

Ailtonten disse...

Somos de um Fotoclube e desejamos fotografar essa linda festa. Qual email podemos nos contatar? Pode nos informar? fale.com@abcclick.com.br

Anônimo disse...

podiam ter convidado o maracatu Ilê Aláfia...

Dayane Gomes Oliveira disse...

Eu vou amanhã (:

Dayane Gomes Oliveira disse...

Eu vou amanhã (:

Araci Borges Araci disse...


Participei pela primeria vez da missa afro no dia 06/06 e não pude conter as lágrimas de emoção.

Pretendo ir ao passeio pelo Paissandu, Penha e Guarulhos e tambem estarei na missa de encerramento.

Muito obrigada a todos.

Maria de Fatima Moraes dos Santos disse...

Orgulho satisfação tudo maravilhoso parabèns a todos e todas

Maria de Fatima Moraes dos Santos disse...

Orgulho satisfação tudo maravilhoso parabèns a todos e todas

lu/mlsirac disse...

Fui ao Largo do Rosário no sábado passado (10/06) e fiquei muito, muito feliz de poder participar de algo tão bonito e forte.
Parabéns aos organizadores e participantes, uma festa de emocionar, que valoriza nossa cultura, nosso povo e prega o respeito à diversidade!
Longa vida a cultura e tradição afro-brasileira e aos valores de respeito à diversidade.
Forte abraço!

Anônimo disse...

Salve os povos que ainda resistem e firma sua fé sua cultura no legado dos homens e mulheres pretos. Sarava meus irmãos. Orlando . Congonhas MG

Unknown disse...

Muito obrigado meu irmão. Estamos juntos nessa luta.

Unknown disse...

Quero estar la !!! Festa linda 😍

Maria de Fatima Morars dos Santos disse...

Sempre posso frenquento esse espaços participando de algumas oficinas e venho percebendo o quanto esses espaço estam cada vez mais valorizado cada vez mais atuante como moradora da Penha a 30 anos confesso que descobri muito sobre a penha sobre as praças igreja pessoas etc espaços públicos e suas história que nem conhecia a fundo muito grata surpresa como tem história do nos povo nossos antepassado nossas memorias quero sempre que possível esta participando e aprendendo cada vez mais 🤝🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾❤🙏

Unknown disse...

Me sinto honrada em poder dar um pouco de minha contribuição na continuidade dessa grande Raiz de africanidade. É uma riqueza em vários aspecto, tanto de cunho religioso, Cultural, político social. Não podemos e nem devemos deixar a história dos nossos antepassados morrer. Por isso venham e tragam um, uns, vários irmãos para participar interagir nessa grande festa popular, Cultura e religiosa. Ubuntu

Maria de Fatima Morars dos Santos disse...

Verdade 🤝🏽👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾💋

Valter Passarinho disse...

Tive o grande privilégio, junto com meu amigo Coelho, Cassimiro, Morelli entre tantos de participar e articular a primeira festa, na fundação do MCP ainda que timidamente lembrome como hj, Macumba, Rosa entre vários que ajudaram a tocar o MCP.
Hj com Júlio, Patrícia entre tantos que acreditaram e acreditam na força da cultura popular como objeto de diálogo resistência e transformação, enchem nossos olhos de orgulho.
Ainda que distante mas sempre presente.
Parabéns a todos que não citei e sei que carregam junto essa bandeira.

Paulão disse...

Histórias verdadeiras, não maquiadas e permeadas por carinhos, culinárias, musicas e reflexões. Por isso caminha lindamente. Rosário sempre. Território de todos que chegam sem intolerância